Compartilhar share

Seminário debaterá sustentabilidade da Araucária e da Erva-mate

Publicado em 06/07/2021 às 17:10 - Atualizado em 06/07/2021 às 17:13

A Sociedade Brasileira de Recuperação de Áreas Degradadas – SOBRADE, realiza neste mês de julho, dias 19 a 23, um seminário para debater sobre a sustentabilidade da araucária e da erva-mate, de forma on-line. Está programada uma segunda etapa presencial, ainda com data a definir.

Há mais de duas décadas, a SOBRADE, pioneira no tema, se dedica a debater e estudar o assunto no Brasil. Em 2018, criou uma série para explorar em profundidade cada um dos biomas brasileiros e suas especificidades: Mata Atlântica, Pampa, Caatinga, Pantanal, Cerrado e Amazônia.

Desta vez estará na pauta duas importantes espécies florestais que ocorrem no Bioma Mata Atlântica: a Araucária e, associado a ela a Erva mate, duas das mais importantes espécies florestais deste rico bioma.

Nesta edição, o Seminário abordará temas de relevância acerca das atuais discussões que envolvem essas espécies: o seu cultivo e manejo, o uso racional, suas potencialidades de utilização incluindo a gastronomia, a legislação pertinente e a problemática ambiental que permeia ao se abordar as mesmas.

As inscrições variam de R$75,00 a R$200,00 e estão disponíveis através do Sympla pelo link: https://bit.ly/3Azuory.

Seminário é voltado a técnicos governamentais, professores, pesquisadores, técnicos de empresas privadas e governamentais, estudantes, consultores, empresários, e demais interessados na produção sustentável da erva-mate e araucária.

Os participantes receberão certificados pela participação e as inscrições são limitadas.

O evento é organizado pela SOBRADE, IEP, APEF, com apoio institucional da UFPR, IBAMA, INSTITUTO DA ÁGUA E TERRA-IAT, UNIUV, UNESPAR, UNICENTRO, UNIVERSIDADE DO CONTESTADO, INIGUAÇÚ, ASSEMBLEIA LEGISLATIVA DO PARANÁ, APRE, CONFEA/CREA-PR, IMA, UNOESC E AMAI.

 

Confira o programa preliminar do evento:

Parte 1- modalidade Online – 19 a 22 de julho de 2021

 

19/07 (segunda-feira)

                  14h00 – 17h00: Mesa Redonda 1: Aspectos históricos, culturais, ambientais e socioeconômicos da Araucária

20/07 (terça-feira)

                  09h00 – 11h45: Mesa Redonda 2: Aspectos históricos, culturais, ambientais e socioeconômicos da Erva Mate

14h00 - 15h50: Palestra 1: Sistema Nacional de Informações Florestais (SNIF) – Área de florestas por Estados, Dados de produção e exportação, modelagem de ocorrência da erva mate e araucária. Palestra 2: Áreas de ocorrência e distribuição natural: Apresentação dos dados do Inventário Florestal Nacional (IFN) dos estados do sul com foco nas 2 espécies. Palestra 3: Araucárias gigantes.

15h50 - 16h10: Intervalo

16h10 - 17h10: Palestra 4: Estado da Arte da Pesquisa Temática.              

17h10 - 18h00: Palestra 5: O Turismo e a Influência das espécies nas regiões de ocorrência.

21/07 (quarta-feira)

                  08h30 – 11h30: Palestra 6: A Silvicultura da Erva-mate: Tecnologia de produção de sementes e mudas, plantio, adubação, tratos culturais e uso de SAFs.

14h00 – 17h30: Palestra 7: A Silvicultura da Araucária: Tecnologia de produção de sementes e mudas, plantios, adubação, tratos culturais e uso de SAFs.

22/07 (quinta-feira)

                  08h00 – 12h00: Mesa Redonda 3: A culinária da erva-mate e do pinhão: história, atualidades gastronômicas: saberes e sabores

14h00 – 18h00: Mesa Redonda 4: Legislação Pertinente: benefícios X entraves. Mesa Redonda 5: Manejo Florestal da Araucária: Mitos e Realidades


Galeria Multimídia

{{grupo.nome}}
  • {{grupo.items.length - 12}}
    {{item.codGaleriaMultimidiaItem}}
Fechar