Compartilhar share

Assembleia de prefeitos da AMAI define nova diretoria para 2023

Publicado em 15/12/2022 às 17:22 - Atualizado em 15/12/2022 às 17:22

Prefeitos da região AMAI se reuniram na sede da Associação para a última reunião de 2022, a qual definiu por eleição a nova diretoria que estará à frente no ano de 2023.

 

Presidente da AMAI e prefeito de São Domingos, Marcio Grosbelli, conduziu a reunião e apresentou a chapa registrada, que foi votada e aprovada por todas. Ficando composta por: Oscar Martarello, prefeito de Xanxerê, como presidente da AMAI, Volmir Felipe, prefeito de Vargeão, como primeiro vice-presidente e Anderson Bianchi, prefeito de Lajeado grande, como segundo vice-presidente.

A posse da nova diretoria acontece em 01 de fevereiro 2023.

Márcio em sua fala destacou a parceria entre os prefeitos durante o ano de 2022, agradeceu a diretoria que o apoiou durante o mandato, Oscar Martarello e Rafael Calza.

“Tivemos dificuldades, dúvidas durante o período pós pandemia, mas tenho certeza que conseguimos cumprir nosso papel. Enquanto presidente procurei participar de praticamente todos os eventos, salvo alguns casos de incompatibilidade de agenda. Tentei estar presente e levar o nome da AMAI da melhor forma possível. Tivemos várias feiras na região, que estive presente enquanto AMAI. Passamos por um período eleitoral que mesmo com cada opção partidária dos prefeitos, seguimos unidos pela associação”.

Pontuou ainda, sobre os avanços da região, promovidos pela união dos prefeitos.

“Foi um ano que mostramos nossa força política e a força da região AMAI, não só pelos convênios conquistados, mas por ser a única microrregião do Estado a conquistar duas usinas de asfalto, via Governo do Estado. Foi fruto do trabalho em conjunto e vontade de melhorar a região”.

Na sequência, o consultor da Contributo, Adriano Santos, e a Presidente do Colegiado de Tributação, Patrícia Guimarães, trouxeram aos prefeitos informações sobre a implantação de regulamento para as obrigações acessórias para a dedução da base de cálculo do ISSQN dos materiais empregados na construção civil, como um padrão para a região AMAI. Repassou ainda informações sobre a Nota Fiscal Eletrônica.

Secretária executiva da AMAI, Ingrid Piovesan, apresentou aos prefeitos sobre a Plataforma On/ACAFE, desenvolvida em parceria com as Associações de Municípios associados a FECAM, com a FIESC, com a FACISC, com a FAPESC e com a Secretaria de Desenvolvimento Econômico Sustentável do Governo do Estado de Santa Catarina. A proposta visa categorizar as demandas prioritárias em cada mesorregião catarinense para encaminhar possíveis ações de melhorias.

Ficou deliberado ainda o encaminhamento de um ofício ao Governo de Santa Catarina, solicitando o repasse dos recursos financeiros para os municípios através das transferências especiais publicadas, onde existe o processo licitatório e que não foram pagas até o presente momento. Visto que as suspensões imediatas dos repasses dos recursos por transferências especiais, conforme recomendado pelo Ministério Público de Santa Catarina, implicará na paralisação de centenas de projetos e licitações que se encontram em andamento. Além dos grandes prejuízos com obras não efetivadas e entraves orçamentários, gerados por multas das empresas que ganharam os processos licitatórios.

Presidente Márcio finalizou a reunião pontuando sobre o sentimento de estar como presidente da AMAI.

“Foi gratificante ser presidente da AMAI, parabenizo Oscar, e a nova gestão pela eleição e desejo muito sucesso para 2023. Estarei sempre a disposição para auxiliar, na luta pelo crescimento, e desenvolvimento da nossa região e fortalecimento da AMAI”.

 


Galeria Multimídia

{{grupo.nome}}
  • {{grupo.items.length - 12}}
    {{item.codGaleriaMultimidiaItem}}
Fechar